Exemplo

Trajetória acadêmica da filha inspira mãe a ingressar em curso superior na UFT
09/04/2018 09h16

assessoria/divulgação

Entrar em uma Universidade Federal depois de passar pelo tão temido vestibular já é emocionante por si só, imagina então quando uma mãe inspira-se na trajetória acadêmica da filha e decide fazer o mesmo curso que ela? Foi isso que aconteceu com Marilene dos Santos e a filha, Amanda Victória do Santos, que vivem em Araguaína, região Norte do Tocantins. Agora, elas dividem o mesmo sonho, conquistar o diploma no curso de Logística da Universidade Federal do Tocantins (UFT).

Marilene, 38 anos, resolveu voltar à sala de aula para a sua primeira graduação e a inspiração veio da filha, 19 anos, que atualmente está no terceiro período do curso escolhido. “O meu interesse por logística surgiu dos relatos transmitido pela minha filha desde que entrou na Universidade sobre o leque de oportunidade que eu poderia ter no mercado com essa escolha”, explica.

Rotina X Estudos

A caloura, que tem outros dois filhos com idade de 06 e 12 anos, precisou conciliar a rotina de estudos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com o trabalho, a casa e a família. Atualmente desempregada, ela acredita que conseguirá conciliar os estudos com os outros afazeres e não esconde a emoção de voltar à graduação, agora junto com a filha. "É a realização de um sonho.", acrescenta Marilene.

As duas estudaram em escolas públicas e se dizem felizes por essa conquista. Marilene acrescenta que a “ficha” ainda não caiu, pois para ela ser universitário sempre foi um sonho antigo. "Agora me sinto motivada, acreditando que é possível uma realidade melhor", conta empolgada. Para outras mães que assim como ela pensam em voltar, mas que possuem algum receio, Marilene e a filha dão o recado de que nunca é tarde para voltar a estudar. "Já que um curso superior deixou de ser uma vantagem no mercado e sim um pré requisito. Por isso, analise sua situação com critérios voltados ao seu bem-estar, por que todos na sua volta que te amam vão querer te ver bem com o que decidir", ressaltou Amanda.

O curso foi implantado na UFT no ano de 2009, e em seus 09 anos de implantação já formou 145 alunos até o semestre de 2017/1. Atualmente conta 134 discentes matriculados. Segundo as diretrizes do curso, o diplomado em Tecnologia em Logística poderá desempenhar as suas atividades como profissional liberal no exercício das funções gerenciais e diretivas ou em assessoramento e consultoria em quaisquer organizações ou órgãos da administração direta e indireta. 

COMENTÁRIOS

 Nome:
 E-mail:
 Texto:
Comentários (0)
  • Nenhum comentário publicado.

Assine e receba em seu email as principais informações da semana.